• Thaís

O que fazer durante o inverno?

Atualizado: há 1 dia


Unsplash Image

O inverno começou mais cedo no Brasi neste ano, mas oficialmente hoje. Dia 21 de Junho ocorre o solstício de inverno aqui no hemisfério sul, isso significa que, neste dia, há a noite mais longa de todo o ano. E, a partir da data, além de mais gelados, os dias tendem a ser mais curtos e as noites mais longas.


Eu, pessoalmente, não gosto muito do clima frio. Como uma boa brasileira, e amante das plantas, tenho uma tendência a preferir o tropical, um clima mais equilibrado e um tempo mais solar.


Mas ainda assim, há algumas coisas que podemos destacar para fazer no Inverno, esse período que irá nos acompanhar até o dia 22 de Setembro.


1. Mantenha as plantas por perto

Sou suspeita pra falar, mas essa é a dica que mais faz sentido pra mim! Durante o inverno, a gente tende a se fechar mais, sair menos, ter menos contato com a natureza, fechar nossas janelas, pegar menos sol... tudo isso é super prejudicial quando fazemos todos os dias.

Já falamos sobre a SAD no Instagram, a Seasonal Affective Disorder ou depressão sazonal: trata-se de uma desordem que acontece no nosso cérebro em tempos e climas mais amenos, nos deixando mais deprimidos.


As plantas de interior podem nos ajudar a combater essas sensações de depressão e ansiedade, não nos isentando, é claro, de procurar ajuda de profissionais como psiquiatras e psicólogos.

Diversas pesquisas mostram que para além da questão estética, ter plantas dentro de casa ajuda na purificação do ar (elas liberam oxigênio e retiram o dióxido de carbono do nosso ambiente - fazendo o oposto do que nós, seres humanos, fazemos) e eliminam toxinas prejudiciais à nossa saúde. Também, podem ajudar na concentração e produtividade (os estudos estimam que aumentam em cerca de 15%!). Enfim, os benefícios são inúmeros.


2. Vá ao parque


Complementando o item anterior, é interessante combatermos a nossa tendência de querer ficar apenas em locais fechados. Coloque sua roupa de frio e vá dar uma volta nos parques, a sensação de bem estar vem quase que na mesma hora quando andamos ao ar livre e prestamos atenção à natureza que tem ao nosso redor.


Em São Paulo, um dos parques mais arborizados e legais para quem gosta de plantas é o Burle Marx, que fica no bairro do Panamby. O parque foi projetado pelo paisagista Burle Marx.

A própria história do parque é bem legal! Foi construído onde antes era a Chácara Tangará (que fica ao lado do Palácio e devia fazer parte dele, também).


Não apenas Burle Marx, como também Oscar Niemeyer, foram contratados para enfeitar o que seria uma mansão de luxo. O desenrolar dessa história você pode encontrar no próprio site do parque ou nos informativos que ficam nele, explicando a botânica do local e outros detalhes interessantíssimos.



Parque Burle Marx


3. Conheça novos lugares


Não deixe de conhecer novos lugares por conta do frio! Um lugar bastante legal para quem quer aproveitar uma boa comida e um lugar aconchegante é o Botanikafé, especialmente a unidade do Jardins tem uma proposta bastante arborizada e cheia de plantas legais, pendentes e um ambiente bem aberto, aproveitando ao máximo a luz natural do dia.

Botanikafé (unidade Jardins)

Além dessa, indicações mais clássicas como o Jardim Botânico de São Paulo, parques como o Villa-Lobos (que tem bastante espaço para se exercitar, ler, andar de bicicleta etc) e o Horto Florestal, também são válidas.

6 visualizações0 comentário